Governo inaugura usina solar fotovoltaica flutuante na Bahia

Créditos: Jornal do Comércio/Uol

O Governo Federal concluiu na última segunda-feira (5) a construção da primeira etapa da Usina solar fotovoltaica flutuante, em Sobradinho (BA).
Instalada pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a usina aproveita a área represada do Rio São Francisco e tem capacidade para gerar 1 megawatt-pico (MWP) de energia. O objetivo do governo federal com o empreendimento é atrair futuros investimentos privados na área de energias renováveis na área de transposição do Rio São Francisco.
Segundo o ministério de Minas e Energia e Desenvolvimento Social, a capacidade de geração de energia pela Usina deve chegar a 3,5 GigaWatts. Isso garantirá recursos para o bombeamento das águas do Rio São Francisco, que hoje gera um gasto de R$ 300 milhões por ano aos cofres públicos.
De acordo com o presidente da república Jair Bolsonaro, o empreendimento servirá como modelo para o uso futuro de mais de placas solares ao longo dos 477 canais de transposição. Ainda conforme fala de Bolsonaro, se todo o potencial energético da usina de sobradinho fosse utilizado, geraria até 60% mais energia do que o que é utilizado pelos próprios motores da usina hidrelétrica. Em longo prazo, de acordo com o presidente, o objetivo é investir ainda mais nesse recurso, gerando energia elétrica para todo o nordeste através do sistema fotovoltaico.
A Usina Fotovoltaica Flutuante de Sobradinho tem 3.792 módulos de placas solares distribuídos sob uma área de 11mil m². O reservatório de Sobradinho possui extensão de 4,2mil quilômetros.

Fonte: Agencia Brasil. Disponível em <http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2019-08/governo-inaugura-usina-solar-flutuante-no-reservatorio-de-sobradinho>